Diferença entre Direito Civil e Direito Penal (com tabela)

Há uma grande chance de que, ao assistir a programas ou filmes, você tenha que ouvir sobre as leis civis e criminais. Muitas pessoas se perguntam qual é a diferença entre esses dois.

Direito Civil vs Direito Penal

A diferença entre Direito Civil e Direito Penal é que o direito civil inclui casos que nada mais são do que uma espécie de disputa entre duas partes. No entanto, o direito penal compreende casos muito mais graves, como furto, agressão, homicídio, etc. O direito civil tem de lidar com os casos em que uma entidade impõe acusações contra outra.

A parte que pressiona as acusações é conhecida como autor, enquanto a parte contra a qual as acusações foram feitas é chamada de réu.

No caso do direito penal, uma pessoa não pode acusar outra pessoa de transgressão. A vítima só pode fazer uma denúncia aqui. O resto fica por conta dos funcionários do governo para levar os acusados a julgamento. A conduta em casos criminais é considerada muito grave e envolve a intenção ou o motivo do crime.

No entanto, os casos cíveis são geralmente resultado da negligência das pessoas.


 

Tabela Comparativa entre Direito Civil e Direito Penal (em forma tabular)

Parâmetro de ComparaçãoLei civilLei criminal
DefiniçãoO direito civil tem que lidar com os casos de disputas entre duas partes. No final, a indemnização, decidida pelo tribunal, é atribuída à vítima.Crimes graves, incluindo homicídio, roubo, etc. estão incluídos no direito penal. Ele também deve lidar com a ação legal que deve ser tomada por um determinado crime ou irregularidade.
Exemplos de CasosDisputas relacionadas a inquilino, divórcio, custódia da criança, questões de propriedade, etc.Assassinato, assalto, roubo, tráfico, etc.
PuniçãoO reembolso deve ser feito conforme decisão do Judiciário.Encarceramento e multas são as formas gerais de punição aqui. Em alguns casos, até mesmo a pena de morte também é considerada pelo judiciário.
Arquivamento do CasoO caso é movido por uma das partes (autor).No direito penal, o governo é responsável por apresentar as acusações.
RecursoUma apelação pode ser feita por qualquer uma das partes.Neste caso, apenas o arguido pode interpor recurso.

 

O que é Direito Civil?

O direito civil trata dos casos em que uma pessoa física ou jurídica deve sofrer algum tipo de lesão.

Alguns dos exemplos de direito civil são disputas de inquilinos, violação de contrato, danos de propriedade, guarda dos filhos, divórcio, etc.

No caso do direito civil, a pessoa que sofreu o dano leva o caso ao tribunal.

Essa parte ou pessoa em particular é denominada demandante, ao passo que a parte contra a qual o caso foi apresentado é conhecida como demandada.

No direito civil, a vítima deve ser reembolsada pelo réu na decisão do tribunal.

O ônus da prova, em direito civil, cabe ao demandante provar seu ponto de vista.

Em seguida, o réu tem a chance de se pronunciar contra as provas fornecidas pelo autor.

Se mais de 50% das peças de evidência forem contra o réu, ele ganhará o caso. Em tal situação, o reembolso deve ser feito pelo infrator ao demandante.

 

O que é Direito Penal?

O direito penal trata de infrações penais e ações legais que devem ser tomadas em correspondência com a ofensa.

A natureza dos crimes é bastante severa no caso do direito penal. Alguns dos crimes incluem assassinato, roubo, furto, agressão, tráfico, etc.

No caso do direito penal, o caso não pode ser apresentado pela vítima perante o tribunal.

A vítima só pode denunciar o delito que aconteceu com ela. Todas as ações significativas são realizadas por funcionários do governo.

A punição geralmente inclui prisão e multas impostas pelo tribunal. Em casos raros e dependendo da natureza do crime, a pena de morte também pode ser considerada pelo júri.

Em direito penal, para provar que o réu é culpado, o promotor precisa de pelo menos 99% das provas contra o acusado.

A defendant can’t be called guilty, in the case of criminal law, without a bare minimum of 99% proofs.


Principais diferenças entre direito civil e direito penal

  1. O direito civil é o corpo jurídico que tem de lidar com os casos em que existe um litígio entre duas entidades diferentes.
    O direito penal trata de crimes como homicídio, roubo, etc. e toma as medidas legais correspondentes ao delito.
  2. No direito civil, o reembolso ou a compensação devem ser feitos pelo infrator ao demandante. O montante ou a forma de compensação é decidido pelo tribunal analisando o assunto.
    Por outro lado, no direito penal, o encarceramento ou a multa são as formas de punição para reabilitar o criminoso.
  3. Se mais de 50% das provas forem contra o réu, no caso de direito civil, o autor é considerado vencedor. No entanto, um mínimo de prova 99% deve ser contra o réu, em um processo criminal, a fim de provar sua culpa.
  4. No direito civil, o processo é movido por qualquer uma das partes. A parte ou pessoa que apresenta o caso ao tribunal é conhecida como requerente.
    Em direito penal, o caso não pode ser apresentado pela vítima. O governo contrata funcionários que são responsáveis por encontrar o suspeito e colocá-lo em julgamento.
  5. O recurso pode ser interposto por qualquer uma das partes no direito civil. Por outro lado, no direito penal, o recurso só pode ser interposto pelo arguido.

 

Conclusão

Ambas as leis, civis e criminais, são essenciais para o bom funcionamento do sistema judicial.

As irregularidades foram categorizadas por um conjunto de regras e as ações também são realizadas de acordo com a classificação.

A lei civil garante a atuação nos casos de disputa entre as partes. O transgressor, neste caso, tem que ressarcir enfim.

Contudo, no direito penal, o condenado deve ser preso como forma de punição.


 

Referências

  1. https://pdfs.semanticscholar.org/80c2/d112b4309a032c429a1f1058e5bbd4022915.pdf
  2. https://repository.uchastings.edu/cgi/viewcontent.cgi?article=3041&context=hastings_law_journal
  3. https://scholarship.law.columbia.edu/cgi/viewcontent.cgi?article=1240&context=faculty_scholarship