Diferença entre carta de crédito e garantia bancária (com tabela)

Uma carta de crédito é um instrumento financeiro emitido por um banco para outro. O banco receptor geralmente está localizado em um país estrangeiro. Sua função é garantir os pagamentos que são feitos a uma pessoa e é regida por um conjunto de regras e regulamentos rigorosos.

Uma garantia bancária é igualmente um instrumento financeiro. Este é emitido por um banco ou qualquer outra instituição de crédito a uma pessoa jurídica. Sua função é garantir que os valores emprestados sejam reembolsados, mesmo que o devedor não cumpra o pagamento. Normalmente, é a autoridade emissora que cobre a dívida.

Carta de crédito x garantia bancária

o diferença entre Carta de Crédito e Garantia Bancária é que uma carta de crédito é um documento que o banco do comprador dá ao vendedor com algumas condições para fornecer as mercadorias ao comprador, garantia bancária significa que o banco garante ao vendedor que se o comprador deixar de fazer o pagamento, o banco irá Seja responsável.

Uma carta de crédito é arriscada para o banco, enquanto uma garantia bancária é arriscada para os comerciantes.

Tabela de comparação entre carta de crédito e garantia bancária

Parâmetros de comparaçãoCarta de créditoGarantia bancária
FormuláriosUma carta de crédito é usada para garantir negócios de importação e, portanto, para facilitar o comércio internacional.Uma garantia bancária é usada para garantir o comércio interno e as transações financeiras. Em muitos casos, facilita grandes projetos de infraestrutura.
RiscosEste instrumento acarreta muitos riscos para o banco, mas mesmo assim é mais seguro para o cliente.Este, por outro lado, traz muitos riscos para o cliente, mas é mais seguro para o banco emissor.
EmitenteÉ emitido pelo banco do vendedor para o banco do destinatário, que geralmente está localizado em um país estrangeiro.Emitido por um banco do comprador para uma entidade corporativa que, na maioria dos casos, está domiciliada na mesma nação ou jurisdição territorial.
FestasCinco partes estão envolvidas na elaboração e execução deste instrumento. São eles: banco confirmador, banco negociador, banco consultor, banco emissor, beneficiário e requerente.Três partes estão envolvidas na elaboração e execução deste instrumento. Estes são o banqueiro, o beneficiário e o requerente.
Condições para PagamentosTodos os termos e condições estipulados devem ser cumpridos antes que os pagamentos sejam liberados.Os termos e condições estipulados "devem ser" desprezados antes de o instrumento ser invocado.

O que é uma carta de crédito?

A carta de crédito é um mecanismo de pagamento empregado no comércio internacional. Sua função é garantir que o comprador da mercadoria em questão pague pelos bens e, portanto, tenha crédito. Essa carta atende pelos nomes de 'crédito comercial do banqueiro', 'crédito documentário' ou 'carta de compromisso'.

É assim que funciona: Você encomenda mercadorias do país A, mas não pode pagar as taxas integralmente por enquanto.

Portanto, você instrui seu banco a emitir a 'carta de crédito' para o banco da empresa estrangeira. Essa empresa, então, fornece a você as mercadorias e retém seus pagamentos mais tarde.

O que é garantia bancária?

Uma garantia bancária é basicamente uma promessa de um credor, normalmente um banco ou qualquer outra instituição financeira, a uma entidade corporativa. Ele garante que, se o credor em questão não pagar as taxas, a autoridade emissora entrará em ação para cobrir essa dívida. Este instrumento é usado principalmente dentro das fronteiras locais.

É assim que funciona: A empresa que pretende adquirir a mercadoria aborda seu banco para solicitar este instrumento.

O seu banco irá elaborá-lo e enviá-lo à pessoa jurídica que está prestes a vender suas mercadorias à empresa em questão. A entidade então libera as mercadorias e aguarda os pagamentos posteriormente.

Principais diferenças entre carta de crédito e garantia bancária

Uso e aplicativos

A carta de crédito é usada principalmente em transações globais, como na importação e exportação de mercadorias. Seu papel principal é facilitar as importações e exportações de commodities.

As garantias bancárias são mais utilizadas internamente no financiamento de grandes projetos de infraestrutura que são mais caros.

Destinatário

No caso de uma carta de crédito, é o banco do vendedor que recebe o instrumento. O banco em questão segue adiante para aceitar faturas que são elaboradas pelo vendedor em antecipação de pagamentos em uma data posterior.

No caso da garantia bancária, é o beneficiário que recebe o instrumento. Isso garante ao destinatário suas dívidas, não importa o quê.

Responsabilidade

Refere-se a como os riscos de inadimplência são tratados ou cuidados. No caso da carta de crédito, a principal responsabilidade cabe apenas ao banco.

O caso, no entanto, difere da garantia bancária porque é o banco que se responsabiliza por esta responsabilidade apenas em caso de incumprimento do cliente. Simplificando: a responsabilidade primária recai sobre o cliente.

Riscos

Todos os fatores considerados, a carta de crédito é mais arriscada para o banco emissor, mas mais segura para o comerciante. A garantia bancária, por outro lado, é mais arriscada para o comerciante, mas mais segura para o banco emissor.

Partes envolvidas

Para redigir e implementar os termos de uma carta de crédito, cinco partes estão envolvidas. São eles: banco confirmador, banco negociador, banco consultor, banco emissor, beneficiário e requerente.

Porém, apenas três partes são necessárias para a garantia bancária. Estes são o banqueiro, o beneficiário e o requerente.

Pagador

O pagamento dos valores devidos é efetuado por diferentes agentes em ambos os casos. No caso de carta de crédito, o pagamento é efetuado pelo banco emissor no momento do vencimento.

Em contrapartida, a garantia bancária só produz efeitos no momento em que o requerente não cumpra o pagamento das dívidas.

Condições para Pagamentos

Antes que os valores devidos possam ser remetidos em ambos os casos, algumas condições deverão ser atendidas. Uma carta de crédito exige que os termos e condições especificados sejam atendidos antes das remessas de pagamentos.

A garantia bancária, entretanto, "exige" que a parte da garantia desrespeite os procedimentos estabelecidos antes que o documento seja honrado.

Priorização

De modo geral, você deve priorizar a carta de crédito se for um exportador. Isso porque o instrumento protege o interesse de ambas as partes, mas tende a favorecer o exportador. Quanto à fiança bancária, você deve priorizá-la caso seja importador pelos mesmos motivos acima.

Intervenções

Embora esses documentos sejam redigidos e tenham como objetivo principal facilitar o comércio, eles entram em vigor em circunstâncias variadas. A carta de crédito só chega quando todas as pré-condições são atendidas. A garantia bancária só será efetuada se uma das partes contratantes não cumprir as suas obrigações contratuais.

Comercial

Por fim, esses dois instrumentos são diferenciados pelos tipos de usuários que eles podem servir melhor. A carta de crédito favorece principalmente aqueles que se dedicam ao negócio de exportação. Isso inclui intermediários, agentes, subscritores e transportadores. A garantia bancária, por outro lado, favorecerá principalmente os empresários nacionais que lidam com projetos de infraestrutura grandes e muitas vezes caros.

Perguntas frequentes (FAQ) sobre carta de crédito e garantia bancária

Quem paga por uma carta de crédito?

Existem custos relacionados com cartas de notação de crédito. Foi acordado entre você e o comprador quem pagará esses custos?

Lembre-se de que a carta de crédito é uma garantia do banco de reembolso; acontecerá SOMENTE se:
1) Todos os registros existem em tempo hábil, bem como em ordem
2) A garantia é do banco emissor, instituição financeira do comprador, e só vem da sua instituição financeira se você solicitar a inclusão da verificação.

Quais documentos são necessários para uma Carta de Crédito?

A documentação exigida em uma carta de crédito depende do grau de complexidade da transação.

Além disso, o grau de segurança que as duas partes desejam ter na transação: segurança de pagamento, transparência quanto à descrição dos itens, segurança e proteção relativas ao desembaraço aduaneiro, procedimento de transporte, entrega imediata, também como outro tipo de ameaças relacionadas ao negócio.

A conformidade do registro precisa ser verificada; esta é uma função essencial do procedimento de endosso / aceitação para cartas de pontuação de crédito.

Quanto custa uma Carta de Crédito?

As taxas de custos para uma cobertura de carta de crédito baseiam-se no banco emissor, bem como nos riscos nacionais, no (s) prazo (s) da (s) carta (s) de crédito protegida (s), bem como na experiência anterior da instituição financeira garantida, se houver, com o liberando banco e nação.

O custo da pontuação de carta de crédito é muito acessível, normalmente muito menor do que a despesa de custos de pontuação de crédito em todo o mundo para contas a receber internacionais de conta aberta.

Alguns subscritores definem suas taxas de custos com base nos bancos emissores, bem como nos riscos do país, enquanto outros examinam os custos como uma parte dos encargos de confirmação da instituição financeira segurada ou spreads de financiamento / desconto.

Em todos os casos, o preço dos custos de L / C pode ser repassado aos comerciantes ou aos consumidores estrangeiros.

Quais são os tipos de garantias?

Garantia direta: O meio mais comum de emitir uma garantia é de longe a garantia direta e é emitida por conta do responsável principal para o destinatário.

Garantia indireta: Ocasionalmente, uma garantia indireta pode ser declarada como um problema no contrato subjacente.

Nesse plano, o banco que emite a garantia inicialmente, a instituição financeira consultora, aconselha uma instituição financeira local a emitir a garantia em favor do beneficiário em troca de uma contra-garantia.

Nestas situações, o banco instrutor é obrigado a manter o banco local isento de todos os riscos, bem como do dever no estado da causa garantida.

Quais são os encargos da garantia bancária?

Margem de dinheiro: São alguns percentuais pagos à instituição financeira para dar continuidade à Fiança bancária.
Encargos sustentados: Tratamento das taxas cobradas pela instituição financeira.
Número de depósito fixo: Nesses casos, o evento da oferta possui qualquer tipo de depósito fixo, podendo ser utilizado para o vencimento da garantia da instituição financeira.

Conclusão

Agora que você conhece as diferenças entre esses dois instrumentos financeiros comumente usados, temos certeza de que agora você pode prosseguir para encontrar o certo para seu uso.

Basta ler nossas explicações uma segunda ou terceira vez para conhecer seus detalhes. Tudo de bom agora em sua pesquisa e uso subsequentes.

Referências

  1. https://heinonline.org/HOL/LandingPage?handle=hein.journals/arz24&div=18&id=&page=
  2. https://papers.ssrn.com/sol3/papers.cfm?abstract_id=2460246
x
2D vs 3D