Diferença entre CDMA e WCDMA (com tabela)

Os dispositivos de intercomunicação acabaram por ser de extrema utilidade neste 21st Século. Antigamente tínhamos telefones celulares, pagers, rádios, etc. Hoje em dia, graças à internet, a maioria dos nossos dispositivos são conectados por meio dela. Quer sejam nossos computadores, nossas TVs, nossos telefones celulares, qualquer coisa. No entanto, devemos examinar os aspectos mais fundamentais desses tipos de redes de comunicação. Como funcionam e por quê? É aqui que o CDMA e o WCDMA entram em jogo. 

CDMA vs WCDMA

A diferença entre CDMA e WCDMA é que CDMA é a tecnologia usada em redes 2G, enquanto WCDMA é a tecnologia usada em redes 3G.

CDMA significa Acesso Múltiplo por Divisão de Código. Este é basicamente um algoritmo que ajuda o usuário a capturar vários canais para serem usados na mesma largura de banda. Então, em termos simples, ele torna a conexão melhor acomodando mais usuários por MHz de largura de banda.

WCDMA significa Wideband Code Division Multiple Access. Basicamente, ele usa a mesma tecnologia do CDMA, mas a incorpora ao 3G. Isso funciona com GSM e EDGE para serem usados como UMTS e também resultou em maior velocidade de internet.

Tabela de comparação entre CDMA e WCDMA

Parâmetros de comparaçãoCDMAWCDMA
DefiniçãoCDMA é um algoritmo que traz mais canais em uma largura de banda especificada.WCDMA usa a tecnologia básica de CDMA, mas incorpora em GSM e EDGE.
RedeUsado em rede 2G.Usado na rede 3G.
RapidezRelativamente mais lento do que WCDMA.Mais rápido que CDMA.
GSMÉ um rival do GSM.Funciona com GSM.
Largura de banda1,25 MHz.5 MHz.

O que é CDMA?

CDMA significa Acesso Múltiplo por Divisão de Código. Este é basicamente um algoritmo que ajuda o usuário a capturar vários canais para serem usados na mesma largura de banda. Então, em termos simples, ele torna a conexão melhor acomodando mais usuários por MHz de largura de banda. Assim, de certa forma, o CDMA multiplexa vários sinais para caber em uma única largura de banda. Normalmente, o CDMA opera na região de ultra-alta frequência, que está principalmente entre 800 MHz a 2 GHz.

No entanto, não se deve confundir o modo de operação do CDMA com os métodos usuais de multiplexação de tempo e frequência. Isso porque, no CDMA, o cliente pode acessar a rede durante todo o tempo, sem supostas interrupções. A principal razão para isso é porque esse algoritmo dá a cada usuário uma identidade única, o que ajuda a identificar dois clientes diferentes.

O funcionamento do CDMA é um mecanismo intrincado, que permite até 61 usuários ao mesmo tempo, e os encaixa todos no mesmo 1,23 MHz. Existem 64 códigos Walsh. Esses códigos ajudam o algoritmo a diferenciar entre os limites teóricos e as chamadas. Porém, em aplicações de tempo real, devido a limitações técnicas e propósitos de qualidade, o número real geralmente é menor que este número.

Usar o CDMA tem suas próprias vantagens e desvantagens. As principais vantagens do uso de CDMA incluem baixa interferência devido a rajadas de transmissão e uso de receptores de rake para melhorar os receptores. Utilização de transferência flexível, que auxilia na troca de estações móveis sem mudança de operadora.

As principais desvantagens do CDMA incluem atraso devido ao grande tamanho do código, exigência de uma sincronização de tempo precisa e também a transferência gradual, muitas vezes satura a capacidade do rádio.

O que é WCDMA?

WCDMA significa Wideband Code Division Multiple Access. Basicamente, ele usa a mesma tecnologia do CDMA, mas a incorpora ao 3G. Isso funciona com GSM e EDGE para serem usados como UMTS e também resultou em maior velocidade de internet. WCDMA significa o salto de 2G para 3G e, portanto, está quilômetros à frente em termos de velocidade. Isso se deve a um motivo muito específico. O CDMA é um concorrente do GSM e, portanto, eles não incorporaram tecnologias para construir algo mais rápido e mais forte. No entanto, o WCDMA incorpora GSM e EDGE, o que finalmente levou ao UMTS. Isso resultou em melhor conectividade, melhor capacidade e melhor velocidade.

O WCDMA oferece suporte a uma ampla variedade de conectividade tecnológica, como voz, texto, MMS e 3G no celular.

O WCDMA implementa um método de acesso de canal DS-CDMA (Direct Sequence Code Division Method), um duplexing por divisão de frequência. Isso o ajuda a obter melhores conectividades e velocidades mais altas.

WCDMA tem dois modos:

  1. Duplex de divisão de frequência (FDD) - Este é um método de separar usuários por software e hardware. Eles usam o código, bem como as frequências, para diferenciar os usuários. Duas frequências são usadas. Um deles é o uplink e o outro é o downlink.
  2. Duplex de Divisão de Tempo (TDD) - Neste método, além das frequências e do código usado no FDD, o tempo é outro fator que serve para diferenciar os usuários. 

As vantagens do WCDMA incluem velocidades de conexão mais altas e redes mais fortes. As principais desvantagens do WCDMA são que ele não é usado em todo o mundo, portanto, há um problema de compatibilidade para muitos aparelhos.

Principais diferenças entre CDMA e WCDMA

  1. A principal diferença entre CDMA e WCDMA é que CDMA é um algoritmo que cria mais canais em uma única largura de banda, enquanto WCDMA usa CDMA e incorpora GSM e EDGE.
  2. O CDMA é usado em uma rede 2G, enquanto o WCDMA é usado em uma rede 3G.
  3. CDMA é lento em comparação com WCDMA.
  4. O CDMA rivaliza com o GSM, enquanto o WCDMA funciona com ele.
  5. O CDMA opera em uma largura de banda de 1,25 MHz, enquanto o WCDMA opera em 5 MHz.

Conclusão

Nos dias de hoje, onde as conexões são mais importantes do que nunca, agora é necessário permanecer conectado. Precisamos de conexões fortes, confiáveis e rápidas. A tecnologia, seja software ou hardware, continua evoluindo rapidamente para nos facilitar esses benefícios.

Ambos, CDMA e WCDMA são resultado disso, e esta não é a última etapa na história humana da comunicação eficiente. Haverá mais por vir, com velocidades que irão explodir a mente humana!

Referências

  1. https://dl.acm.org/doi/abs/10.5555/525067
  2. https://books.google.com/books?hl=en&lr=&id=DRO6CwAAQBAJ&oi=fnd&pg=PR5&dq=wcdma&ots=R6XtqSHTYf&sig=8RZQ4jYDxYKA88mQTz6kIom1pa0
x
2D vs 3D