Diferença entre cheque especial e empréstimo a prazo (com tabela)

O dinheiro é o principal requisito para que qualquer compra monetária seja feita. Pode ser um negócio para operar ou uma família para funcionar, o dinheiro tem um papel primordial na vida de todos.

Os recursos são gerados naturalmente pela renda de um indivíduo. O salário que ele recebe ou a receita obtida fora do negócio é utilizado de várias maneiras para atender às suas necessidades.

Pode ser para a sua família, também pode ser para qualquer compra, ou também pode ser para o pagamento de salários aos seus empregados. A receita gerada tem sua maneira de ver a despesa também.

Os bancos surgiram predominantemente para economizar dinheiro. Isso beneficiou as pessoas, pois o dinheiro ganho com as empresas naquela época era depositado no banco para uso futuro.

Com o tempo, as necessidades e desejos das pessoas mudaram. Mudou tanto que a necessidade de dinheiro também aumentou.

Deve-se notar também as condições ambientais da Terra, a taxa de adoecimento por doenças crônicas também aumentou. O dinheiro também é necessário para o tratamento.

E se a necessidade de dinheiro for maior do que o saldo do banco? E se a renda obtida não for suficiente para que uma determinada compra seja feita?

Os bancos introduziram dois esquemas importantes para o desembolso rápido de dinheiro do lado do banco, que pode ser usado pelo cliente e devolvido ao banco em um período posterior com juros mínimos. Um é denominado Cheque Especial e o outro é denominado Empréstimo a Prazo.

Ambos contribuirão para melhorar consideravelmente a situação financeira. No entanto, ambos são diferentes um do outro.

Cheque especial vs empréstimo a prazo

A diferença entre Cheque Especial e Empréstimo a Prazo é o uso, o Cheque Especial é utilizado para despesas operacionais de curto prazo, enquanto o Empréstimo a Prazo costuma ser utilizado para longo prazo e para compras de alto valor.


 

Tabela de comparação entre cheque especial e empréstimo a prazo (na forma tabular)

Parâmetro de ComparaçãoCheque especialEmpréstimo a prazo
SignificadoCheque especial é a extensão de crédito para sacar fundos mesmo quando o saldo da conta é zero. O acordo feito com o banco para a conta à ordem para definir um certo limite de saque, mesmo depois de os fundos serem nulos.Um empréstimo a prazo são os fundos oferecidos pelo banco antecipadamente por um determinado período dentro do qual deve ser reembolsado. A duração é fixa no caso de empréstimo a prazo.
Quantidade disponívelBanco oferece menos valor por meio de cheque especial. Um limite é definido e o dinheiro pode ser sacado dentro do limite como cheque especial.Normalmente, os empréstimos a prazo são de montantes mais elevados.
Taxa de interesseA taxa de juros para o valor do cheque especial é geralmente maior do que os juros do empréstimo a prazo.O empréstimo a prazo incorre em menos taxa de juros do que o valor do cheque especial.
ObjetivoO cheque especial geralmente é feito para despesas de curto prazo.Os empréstimos a prazo são aproveitados a longo prazo e ajudam a fazer compras de alto valor.
Duração da liquidaçãoA duração do reembolso é muito menor para o montante do cheque especial.A duração é geralmente mais longa com datas de reembolso fixas em prestações.

 

O que é cheque especial?

Cheque especial é uma facilidade oferecida pelo banco para retirar fundos da conta bancária mesmo quando o saldo da conta é zero. Esta facilidade é oferecida quando um acordo é feito com o banco pelo cliente para definir um certo limite de saque com uma taxa de juros aceitável.

Em palavras simples, o cheque especial é a extensão do crédito na conta bancária quando chega a zero. Isso permite que o cliente use os fundos mesmo se a conta tiver saldo zero.

Este montante emprestado estará dentro do limite que o banco estabeleceu para a conta. Sobre o valor sacado serão cobrados juros e também inclui a taxa de cheque especial.

A opção de cheque especial é geralmente usada para ganhos de curto prazo e deve ser paga em curto prazo também. A taxa de juros por meio dessa linha de crédito está na nota mais alta do que outras opções de empréstimo de dinheiro.

O banco oferece este serviço para fazer qualquer pagamento, para protegê-lo de falta de pagamento. Por sua vez, são cobrados juros sobre o valor utilizado. 

O valor do cheque especial é menor e depende do banco e da situação da conta bancária. É também um tipo de empréstimo em que o cliente paga os juros do empréstimo concedido.

 

O que é empréstimo a prazo?

O Empréstimo a Prazo é um acordo financeiro feito pelo banco ao cliente, que é reembolsado em intervalos fixos regulares. Um empréstimo a prazo é um empréstimo monetário oferecido pelo banco e que dura entre um e dez anos.

Existem certos empréstimos a prazo que também podem durar até 35 anos. Os empréstimos a prazo são oferecidos tanto a pessoas físicas quanto a pequenas empresas. 

Empréstimos a prazo geralmente são usados para compras de alto valor. A taxa de juros não é tão alta quanto o cheque especial, mas é fixa.

Os pagamentos regulares devem ser feitos a cada mês como uma prestação que inclui os juros e o valor do principal. 

É sempre aconselhável que os especialistas financeiros confirmem se a taxa de juros é fixa ou flutuante. Como a taxa de juros pode impactar os pagamentos futuros se as taxas forem flutuantes.

Outro aspecto a ser observado ao tomar um empréstimo a prazo é sobre o tipo de juros. Aconselha-se verificar se os juros cobrados são compostos, em caso afirmativo o valor a ser pago deverá ser aumentado nos próximos tempos. Também é aconselhável tomar empréstimos a prazo por um período limitado e não muito longo prazo. A vulnerabilidade do mercado pode causar danos ao sistema bancário e à economia.


Principais diferenças entre cheque especial e empréstimo a prazo

  1. As facilidades oferecidas pelo banco para resolver as situações de aperto de caixa são louváveis. É aconselhável conhecer as diferenças para escolher o melhor. A principal diferença entre o cheque especial e o empréstimo a prazo é o uso, o cheque especial é geralmente usado em uma base de curto prazo para atender a pequenas necessidades de caixa. Um empréstimo a prazo é de longo prazo e também é usado para comprar itens de alto valor. 
  2. A quantidade de dinheiro oferecida pelo banco para ambos os casos também varia, o cheque especial deve ajudar o cliente com menos quantidade de dinheiro enquanto os empréstimos a prazo são enormes.
  3. Os juros cobrados pelos bancos no cheque especial são sempre maiores do que o empréstimo a prazo.
  4. A duração do reembolso do valor do cheque especial é menor quando comparada aos empréstimos a prazo. A duração dos empréstimos a prazo pode ser de até 35 anos.
  5. O cheque especial não precisa de nenhuma nova conta a ser criada, normalmente o empréstimo a prazo precisa de uma conta de empréstimo a ser criada na qual os reembolsos serão refletidos. A conta do empréstimo é criada automaticamente pelo banco assim que o empréstimo é aproveitado.

 

Conclusão

O uso de fundos para a causa certa é sempre recomendável. Empréstimos e saques a descoberto podem causar estragos para a estabilidade mental. A técnica de gerenciamento de dinheiro é necessária para o bem-estar futuro. Os bancos têm instalações incríveis para os clientes.

Os clientes devem escolher o que é necessário e o que não é. Como tal, é claro que o cheque especial não pode garantir mais dinheiro, mas pode administrar despesas imprevistas. Os empréstimos a prazo podem ser, às vezes, investimentos, se canalizados de maneira adequada.

O apoio do banco permanecerá para sempre se as dívidas forem liquidadas a tempo, sem nenhum lembrete. Se não for pago a tempo, podem ocorrer taxas adicionais e impacto na pontuação de crédito.


 

Referências

  1. https://www.nber.org/papers/w17028.pdf
  2. https://www.jstor.org/stable/3520305
x
2D vs 3D