Diferença entre ciborgue e robô (com tabela)

No mundo progressivo de hoje, a Ciência e a Tecnologia trouxeram muitas inovações e ideias que tornaram a vida de todos mais fácil. Do campo da manufatura ao setor de saúde, essas idéias técnicas desenvolveram verdadeiramente as pessoas e também as nações. Essas idéias e métodos se convertem em várias máquinas e softwares que resolvem problemas enormes em minutos. 

Cyborgs e robôs são duas dessas inovações. Eles podem parecer relacionados à ficção científica, mas existem no mundo real. As duas tecnologias se exercitam de acordo com o que foram projetadas. As aplicações de Cyborgs e robôs são muito complexas e típicas, mas atendem ao propósito de maneira muito suave. 

Cyborg vs Robot

A diferença entre Ciborgue e Robô é que Ciborgue é aplicado e usado em uma criatura viva, enquanto os Robôs estão apenas ausentes de um ser vivo. Cyborg tem algum nível de interação com um ser humano, ou um cachorro, ou um pássaro, ou qualquer tipo de criatura viva.

Um robô é basicamente uma máquina avançada usada para resolver enormes problemas existentes no sistema. Conseqüentemente, o componente vivo do Cyborg o torna diferente do Robô.

Tabela de comparação entre ciborgue e robô

Parâmetro de ComparaçãoCyborgRobô
Definição fundamentalOs ciborgues são partes biomecatrônicas e orgânicas do corpo.Os robôs são máquinas automatizadas que operam de acordo com recursos programados. 
Operado porOs ciborgues são operados pelos corpos vivos nos quais estão instalados.Os robôs são principalmente automáticos e envolvem muito pouca ou nenhuma interação humana.
Componente vivoCyborg está vivo.Um robô é uma coisa não viva.
ComplexidadeÉ mais complexo do que o Robot.Os robôs são máquinas avançadas e complexas, mas menos complexas que os Cyborgs.
Funciona de acordo comCyborgs operam livremente de acordo com a necessidade.Os robôs só podem fazer o que for programado.

O que é Cyborg?

Um ciborgue é alguém com algumas partes do corpo biométricas e outras orgânicas. Também é dito que Cyborgs são robôs com partes orgânicas, mas eles não são iguais aos biorobots. Este termo entrou em cena pela primeira vez em 1960 por Nathan S. Kline e Manfred Clynes. 

É basicamente usado para denotar uma criatura viva que restaurou o funcionamento de suas partes do corpo com a ajuda de algum componente artificial de natureza mecânica ou eletrônica. Esta tecnologia de componentes artificiais trabalha com o conceito de feedback.

No entanto, há casos que mostram que os cientistas criaram ciborgues com um sistema integrado que aumenta a capacidade de um órgão ou parte do corpo humano normal. Pode haver ciborgues com sentidos aprimorados, cérebros assistidos por computador, habilidades mentais aprimoradas ou até mesmo armas pré-instaladas como partes de seus corpos. 

No entanto, em um nível muito básico, um corpo vivo com uma tecnologia básica ligada a qualquer parte do corpo, o torna um ciborgue. Por exemplo, um marca-passo cardíaco artificial que determina os potenciais de voltagem no corpo e o regula também é um ciborgue.

O que é um robô?

Um robô é uma máquina automatizada totalmente programada que é capaz de operar e realizar tarefas complexas e enormes de uma forma menor e eficiente. Os robôs são sempre guiados por uma força externa e dispositivo de controle ou, às vezes, controle instalado dentro dele. Às vezes, os robôs são projetados como humanos, mas na maioria das vezes, são apenas máquinas que funcionam automaticamente com a ajuda de um regulador para realizar uma tarefa específica.

Existe um ramo dedicado da tecnologia, desde o projeto geral e operação até o processamento de informações, e é chamado de robótica. Hoje em dia é fácil fazer seus robôs para diversas finalidades com os kits de robôs disponíveis no mercado.

Os robôs, em muitos campos, substituíram os recursos humanos, como no campo da fabricação de bens nas indústrias, para realizar tarefas intensamente complexas. Além disso, melhora a qualidade da produção geral. No entanto, os robôs também são responsabilizados por muitos críticos pelo problema do desemprego em muitas nações, mas é muito importante para o mundo optar por essas tecnologias se desenvolverem como seres humanos. Mas, acima de tudo, não podemos colocar os humanos e nosso meio ambiente em perigo durante o processo. 

Principais diferenças entre ciborgue e robô

  1. Cyborg são as máquinas que são instaladas dentro de uma criatura viva para o seu correto funcionamento. Envolve partes biométricas e orgânicas do corpo. Por outro lado, os robôs são máquinas automatizadas com atribuições programadas.
  2. Os ciborgues são operados com a ajuda do corpo vivo em que está instalado, enquanto os robôs são autônomos e semiautônomos e geralmente não precisam do envolvimento de um humano vivo para operar.
  3. Pode-se dizer que os ciborgues estão vivos porque estão ligados a alguma parte orgânica com eles, enquanto os robôs são tipos de coisas não-vivos e não contêm nenhuma vida neles.
  4. Tanto o Cyborg, quanto o Robot, são inovações complexas e avançadas, mas diz-se que o Cyborg tem mais complexidade envolvida em comparação com os Robôs.
  5. O Cyborg trabalha de forma independente de acordo com a necessidade do corpo, enquanto os Robôs só operam na atribuição para a qual está programado.

Conclusão

Ambos Cyborgs e Robots são sistemas complexos e avançados criados para resolver vários problemas. No entanto, os ciborgues são mais complexos e envolvem a participação de um corpo vivo para trabalhar. Estas são basicamente máquinas junto com um corpo vivo e operam de forma independente conforme a necessidade. Por outro lado, os robôs são apenas máquinas automatizadas que são utilizadas para resolver um problema específico e operam de acordo com o que está programado dentro delas.

Também vimos que os Cyborg são mais complexos de compilar e trabalhar, enquanto os kits de robôs estão facilmente disponíveis no mercado e, sob a supervisão de especialistas, você pode compilá-los e operá-los. Mas, no caso dos ciborgues, você precisa de um especialista para instalar o sistema no corpo, pois ele interfere no funcionamento do corpo orgânico. 

Mais importante, ambos os sistemas são usados para resolver problemas complexos existentes no mundo de hoje.

Referências

  1. http://cyberneticzoo.com/wp-content/uploads/2012/01/cyborgs-Astronautics-sep1960.pdf
  2. https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1002/rob.4620010203
x
2D vs 3D