Diferença entre Dharma e Karma (com Tabela)

A mitologia indiana tem várias crenças como hinduísmo, budismo, jainismo, etc. Embora todas as religiões e crenças defendam alguns princípios básicos para a sociedade humana que levarão a um caminho para a divindade. De acordo com toda crença, existe uma maneira de alcançar o divino. Há um conjunto de deveres e responsabilidades a partir dos quais a eternidade pode ser alcançada.

A espiritualidade não se limita ao hinduísmo. Poucos princípios de vida são fundamentais para todas as religiões e crenças. O ciclo da vida humana é fundamentalmente baseado em dois princípios - Dharma e Karma.

Quando uma pessoa nasce, há um conjunto de deveres e responsabilidades que são atribuídos pela sociedade como lei cósmica fundamental que deve ser aceita. E como um indivíduo, cada pessoa tem algumas ações e acordo.

Dharma vs Karma

A diferença entre Dharma e Karma é que o dharma se baseia no nascimento, enquanto o Karma são as ações da vida humana. Ambos conduzem ao caminho da salvação.


 

Tabela de comparação entre Dharma e Karma (na forma tabular)

Parâmetros de comparaçãoDharmaCarma
SignificadoTem diferentes definições em diferentes crençasUniversal (um significado para todos)
FrutaBaseado na vida presenteÀs vezes com base em vidas passadas
RegrasExistem regras especificadasNão existem regras especificadas
DivisãoCom base no nascimentoCom base em ações
Impactos emAfeta a sociedadeConfinado ao indivíduo

 

O que é Dharma?

Dharma é considerado um conjunto de deveres e responsabilidades que criam a maneira correta de viver e o funcionamento adequado da vida. Diferentes crenças têm diferentes definições de dharma, tais como: -

Hinduísmo - aceitação da ordem natural para o funcionamento adequado da vida.

  1. Jainismo - acredita que os princípios não prejudiciais e não violentos são uma parte importante do dharma.
  2. Sikhismo- estar no caminho da justiça é dharma.
  3. Budismo- preservar os ensinamentos espirituais e a liberação é dharma. 

A concepção do dharma pode diferir de religião para religião ou de pessoa para pessoa. Às vezes, o que é dharma para uma comunidade ou pessoa pode ser considerado Adharma para outra comunidade ou pessoa.

Por exemplo, comer carne, para uma pessoa ou comunidade é dharma comer carne de outros animais para manter o equilíbrio na cadeia alimentar, mas pode ser considerado Adharma para outra pessoa ou comunidade, pois os animais são mortos, o que é contra a humanidade.

O dharma mais elevado é alcançar a compreensão espiritual. O Dharma pode ser entendido como um caminho em direção ao divino. Dharma tem alguns limites dentro dos quais os humanos devem trabalhar, ir além ou contra esses limites é considerado 'adharma'.

É considerado que o dharma é um funcionamento importante, pois dá sentido à vida.

Existem menções ao dharma e seus princípios nos livros sagrados hindus. O Senhor Krishna é considerado um dos melhores pregadores do dharma, conforme mostrado no épico do Mahabharata. O objetivo final do dharma é alcançar o divino. Aquele que segue o caminho do dharma é considerado alma pura.

Dharma é simplesmente baseado em fundamentos humanitários de não violência, generosidade, veracidade com essência de espiritualidade que fará da pessoa um bem para a sociedade. 

O Dharma é às vezes mal interpretado e cria divisões da sociedade, embora o caminho seja diferente, mas o destino é um, ou seja, ser um bom ser humano e se tornar uma alma pura para que a divindade possa ser alcançada. Em kalyug, o dharma parece estar mais associado à espiritualidade do que aos valores humanitários.

 

O que é Karma?

Karma é considerado como a ação ou resultado da ação de qualquer pessoa. o carma está vinculado tanto à vida presente como à passada. Karma não tem regras, não existe um caminho específico para seguir o karma, pois ele conta tudo. Não há professor para ensinar o karma.

Karma é a verdadeira razão para continuar o ciclo de nascimento e morte. Até que a alma se torne pura e resolva todas as pontuações de karma bom e mau, a liberação não pode ser alcançada. Cada dor e prazer é resultado de carma em algum lugar. Karma não se limita a más ações.

A liberação (moksha) só pode ser alcançada quando todos os karmas diminuem. Não existem princípios específicos para o karma. Depende exclusivamente das ações dos humanos durante sua vida.

Fruto do Karma não é punição, mas conseqüência de intenções internas. Karma não é apenas o que você faz, mas também as intenções por trás de fazer boas ou más ações. O comportamento humano não se limita a outros humanos, mas também a animais e outros seres vivos.

Karma é um ciclo vicioso da vida humana. Existem poucas pessoas que alcançam a liberação logo, caso contrário, o ciclo de nascimento e morte continua por milhares de anos. De acordo com a mitologia hindu, uma pessoa pode pedir perdão por seu carma apegando-se a Deus. 

Karma tem um significado, independentemente de qualquer religião ou crença. Portanto, há menos ou nenhuma interpretação errada do conceito de karma.


Principais diferenças entre Dharma e Karma

  1. O dharma é completamente baseado na vida presente, enquanto o karma também tem impactos de vidas passadas.
  2. O dharma pode dividir as pessoas entre as sociedades, mas o carma é imparcial para todos.
  3. O dharma está conectado à espiritualidade, mas o carma é universal e tem impactos independentemente de qualquer aumento.
  4. O dharma não tem fruto específico, enquanto o karma menciona a teoria de “o que vai, volta”.
  5. Existem regras no dharma, mas o karma não tem limites.
  6. O dharma pode ser pregado por qualquer professor, mas o próprio carma é uma lição de vida.
  7. Dharma é freqüentemente mal interpretado como um conceito, mas não há interpretações errôneas no conceito de carma.

 

Conclusão

Dharma e carma são princípios importantes da vida humana. Sem ambos, ninguém pode alcançar a salvação. Eles estão interligados e, portanto, dependentes uns dos outros. A pessoa deve fazer karma enquanto permanece dentro dos limites do dharma.

Embora existam diferenças na teoria. No entanto, o objetivo final é alcançar o divino. Ambos defendem a generosidade, humanidade, verdade e não violência. Seguindo o dharma e tendo uma boa pontuação do karma, os portões do paraíso podem ser abertos.

Sem dharma e carma, não há sentido para a vida humana.


Referências

  1. https://muse.jhu.edu/article/593857/summary
x
2D vs 3D