Diferença entre graça e misericórdia (com mesa)

Embora falando exclusivamente sobre graça e misericórdia, eles são comumente entendidos como atributos do amor, nas palavras da fé cristã. Ambos os conceitos são considerados de extrema importância na Bíblia, no Cristianismo e até mesmo no mundo atual de males e erros.

Graça vs Misericórdia

Em palavras compreensíveis, graça é o oposto de karma, onde karma significa obter tudo o que alguém merece e graça significa obter o que realmente não merece. Também pode ser explicado como o favor imerecido de alguém, especialmente de Deus.

A misericórdia, por outro lado, pode ser explicada com as palavras piedade, compaixão e perdão. É um amor compassivo para com os fracos e acredita-se que seja o caminho do perdão.

Ambos são as duas faces da mesma moeda e a moeda é a do amor. Eles são geralmente entendidos do ponto de vista de Deus ou do Todo-Poderoso tendo graça e misericórdia dos humanos fracos e indignos.


 

Tabela de comparação entre graça e misericórdia (na forma tabular)

ParâmetrosGraçaMisericórdia
SignificadoGraça é na verdade o ato de conceder favores que são imerecidos ou imerecidos.Misericórdia é o ato de reter a punição que é merecida por alguém.
Palavras relacionadasA graça pode ser explicada pelo favor.A misericórdia pode ser explicada por meio da pena, compaixão ou perdão.
Palavras primitivasGrace tem uma raiz grega na palavra 'Charmis' que significa favor.Misericórdia também tem uma raiz grega na palavra 'Eleos' que significa piedade ou compaixão.
Refere-se àGraça, no sentido típico, se refere a alguém que é indigno ou indigno.A misericórdia, no sentido típico, se refere a alguém que é fraco.
Leva aEm geral, acredita-se que a graça leva à reconciliação.É amplamente aceito que a misericórdia leva a pessoa ao caminho do perdão.

 

O que é graça?

Graça vem da palavra grega 'Charmis', que significa favor. Em termos de Deus, Ele, em sua graça, deu a nós, humanos, um presente que idealmente não merecemos, ou seja, o céu.

Graça é considerada um dos conceitos mais importantes da Bíblia, do Cristianismo e até mesmo do mundo. É um atributo do amor, assim como a essência da Bíblia é amar a Deus e às pessoas através das lentes de Cristo.

A graça é amplamente explicada a partir da perspectiva de Deus no sentido de que o Todo-Poderoso, mesmo sendo o mais poderoso, tem um amor maravilhoso pelos humanos ou seus filhos, que Ele demonstra por meio da graça e da misericórdia.

Graça é um ato, um ato de legar um favor pelo qual não trabalhamos, ou seja, não merecido ou não merecido. Em outras palavras, a graça é um amor generoso e bom para aqueles que são indignos, no sentido típico.

Devido a todo o conceito de graça, profundamente enraizado na fé cristã, existem numerosos exemplos de graça na Bíblia. Muitas pessoas descreveram a graça de maneira diferente.

Alguns deles são: “um favor soberano e gratuito aos que o merecem”, “um amor que cuida e se rebaixa e resgata” e “um amor incondicional para com quem não o merece”.

 

O que é misericórdia?

Misericórdia vem da palavra grega 'Eleos', que significa piedade ou compaixão. Em termos de Deus, em Sua misericórdia, Ele não nos dá o castigo que merecemos.

A misericórdia é a base de muitos dos ensinamentos de Jesus. É no Evangelho de Mateus que Jesus compartilha uma história, a história do 'servo impiedoso'.

O servo foi chamado de impiedoso porque, embora suas dívidas tenham sido pagas, ele não está disposto a perdoar outro servo que lhe devia uma quantia absolutamente preciosa.

Essa história é a ideia por trás da misericórdia que nos ensina como é importante perdoar os outros, porque também fomos perdoados.

A Bíblia diz que a misericórdia é importante porque todos precisam de perdão e compaixão. Porém, não será errado dizer que a misericórdia é de grande importância também porque é algo que pode unir e aproximar todos apesar das várias diferenças.

A misericórdia é um ato de reter o castigo a quem o merece e perdoá-lo, principalmente pela ideia de que também fomos perdoados por algo na nossa vida.

A misericórdia é um conceito e uma ideia muito profundos, mas começa com pequenos atos de compreensão mútua e cultivo do hábito de perdoar uma à outra.


Principais diferenças entre graça e misericórdia

Graça e misericórdia são as duas faces da mesma moeda, e a moeda é a do amor. Em outras palavras, graça e misericórdia são apenas dois componentes do amor, ou de dar amor. Mesmo assim, existem algumas diferenças no significado literal de graça e misericórdia.

  1. Enquanto a graça está relacionada com o ato de dar, misericórdia se relaciona com o ato de perdoar por um ato anterior.
  2. Graça é entendida como conceder a alguém um favor que ela pode não merecer, enquanto misericórdia pode ser entendida como retratar compaixão por alguém e perdoá-lo por alguma maldade que ele possa ter feito consciente ou inconscientemente.
  3. Uma palavra para descrever graça seria favor imerecido e uma palavra para descrever misericórdia seria perdão ou compaixão.
  4. Graça tem a ver com alguém que não merece algo, mas ainda assim recebe, enquanto misericórdia tem a ver com alguém que busca perdão por um ato realizado.
  5. Por último, acredita-se que a graça leva à reconciliação e que a misericórdia leva ao caminho do perdão.

 

Conclusão

Graça e misericórdia são dois belos atributos de amor que têm em si mesmos para tornar o mundo um lugar melhor para se viver. Ambas são consideradas qualidades que Deus possui e exorta todos a obedecerem a elas também.

Graça é o ato de dar favores a alguém que pode não merecê-los, enquanto misericórdia é o ato de perdoar alguém que pode, consciente ou inconscientemente, ter cometido uma transgressão.

Graça e misericórdia, ambas formam uma parte evidente da Bíblia e da fé cristã. Acredita-se que sejam coisas profundas de entender, mas começam com pequenos atos de compreensão, ajuda e perdão mútuos, para alcançar as maiores experiências de amor em nossas vidas.


 

Referências

  1. https://www.pdcnet.org/southernjphil/content/southernjphil_1983_0021_0002_0229_0250
  2. https://www.cambridge.org/core/journals/social-philosophy-and-policy/article/mercy-and-legal-justice/D6DF6179F9F3B04D9B45B94C31804F6C
  3. https://heinonline.org/hol-cgi-bin/get_pdf.cgi?handle=hein.journals/modlr60&section=50
  4.  https://journals.sagepub.com/doi/abs/10.1177/002096430005400203
x
2D vs 3D