Diferença entre recrutamento interno e externo (com tabela)

O recrutamento interno e externo são duas maneiras de recrutar funcionários em uma organização. O recrutamento interno é o processo de contratação de pessoas dentro da organização. A gestão já conhece as suas competências e tem trabalhado com elas. Em palavras simples, eles estão escolhendo entre os funcionários atuais.

O recrutamento externo é o método de recrutamento de funcionários de fontes externas. Isso pode ser feito por meio de anúncios, agências, etc. Este método é usado quando a organização sente que os funcionários existentes não são capazes e há necessidade de novos talentos.

O recrutamento externo é um processo mais caro. Também é um processo demorado do que o recrutamento interno. Ambos os tipos de recrutamento têm seus próprios méritos e deméritos.

Recrutamento interno vs externo

A diferença entre o recrutamento interno e o externo é que o recrutamento interno usa funcionários atuais. Em contraste, o recrutamento externo cria um pool de candidatos de fontes externas. Esses funcionários não têm relacionamento com a organização.


 

Tabela de comparação entre recrutamento interno e externo (na forma tabular)

Parâmetro de ComparaçãoRecrutamento internoRecrutamento externo
SignificadoEsse tipo de recrutamento é voltado para a contratação de pessoas que já estão na organização.Esse tipo de recrutamento é voltado para a contratação de pessoas que estão fora da organização.
TempoNão é tão demorado quanto o recrutamento externo.É um processo demorado.
CustoÉ um processo econômico.É mais caro do que o recrutamento interno.
Número de candidatosEste tipo de recrutamento oferece uma escolha limitada entre os candidatos.Este tipo de recrutamento oferece uma escolha ilimitada entre os candidatos.
BaseBaseia-se no mérito ou na antiguidade.Baseia-se no mérito ou qualificação.
FontesPromoção, transferências, referências, etc. são fontes de recrutamento interno.Agências de emprego, ligações casuais, anúncios, etc. são as fontes de recrutamento externo.

 

O que é recrutamento interno?

O recrutamento interno é um tipo de recrutamento em que os funcionários são recrutados dentro da organização. Este é um método de recrutamento econômico e também pode ser feito rapidamente. Esse tipo de recrutamento fornece um grupo de candidatos confiáveis, porque esses funcionários já trabalharam com a organização. Suas habilidades e fortalezas já são conhecidas pela organização.

Existem várias maneiras de recrutar funcionários internamente. Por exemplo, transferências, promoções, reemprego de ex-funcionário, anúncios internos, etc.

Uma transferência é um método horizontal de recrutamento interno, enquanto a promoção é um método vertical de recrutamento interno. Uma transferência é transferir um funcionário de um departamento para outro onde pode haver uma necessidade. Isso também faz parte do processo de enriquecimento e rotação de empregos.

Promoção é o processo no qual um funcionário existente recebe uma posição, autoridade ou incentivo superior. Este tipo de recrutamento é baseado no mérito e na antiguidade. 

As vantagens do recrutamento interno são muitas. Promove confiança, lealdade e ajuda a organização a manter o sigilo. Os custos incorridos com treinamento e orientação nesse tipo de contratação são desprezíveis e os funcionários também são confiáveis. Também não há custos de publicidade.

As desvantagens disso são que ele fornece apenas um grupo limitado de candidatos. Pode fazer com que os funcionários fiquem letárgicos e também diminui a inovação na organização.

Também pode fazer com que funcionários não selecionados se sintam decepcionados e se tornem indiferentes em relação ao trabalho. Também cria outra vaga a ser preenchida.

 

O que é recrutamento externo?

O método externo de recrutamento é aquele em que o pool de candidatos é criado de fora da organização. Esses candidatos não têm qualquer relação com a organização no momento.

É um método caro, pois há custos de propaganda e os novos funcionários precisam de treinamento e orientação. Este tipo de recrutamento também consome muito tempo, pois o recrutador tem que examinar os perfis de todos os candidatos e, em seguida, criar um pool dos candidatos potenciais. Em seguida, entrevistas e testes são realizados para avaliar a adequação desses candidatos potenciais.

Isso é seguido por um longo processo de treinamento e orientação.

Existem várias fontes de recrutamento externo. Por exemplo, anúncios, recrutamento em campus, listas de espera, bolsas de empregos, portais de empregos, recomendações e referências, feiras e seminários de empregos, consultorias e agências de empregos, etc. Anúncios são a forma mais comum de recrutamento externo. As vagas de emprego são divulgadas por meio de anúncios em revistas, jornais, sites, etc.

O recrutamento no campus também é um método predominante desse tipo de recrutamento. Isso ocorre porque, a cada ano, as empresas selecionam alunos formados das universidades e faculdades em estágios.

O método externo de recrutamento traz novos talentos na organização e, assim, traz inovação e oportunidade de melhorar. Também dá à administração um grande grupo de candidatos para restringir seus candidatos potenciais. Em palavras simples, ele oferece muitas opções de gerenciamento. Mas também existem muitas desvantagens. O processo usado para a seleção desses candidatos potenciais pode não ser eficaz. O processo de tomada de decisão é difícil e também pode causar ressentimento entre os funcionários atuais.


Principais diferenças entre recrutamento interno e externo

  1. O recrutamento interno tem como foco a contratação de funcionários que atualmente trabalhem para a organização. Por outro lado, o recrutamento externo é o processo de contratação de funcionários de fontes externas.
  2. O recrutamento interno é econômico, ao contrário do recrutamento externo.
  3. O recrutamento interno é rápido, pois o grupo de candidatos já trabalha com a organização. Em contraste, o recrutamento externo é demorado.
  4. O recrutamento interno pode ser baseado na antiguidade, enquanto o recrutamento externo dá prioridade à qualificação.
  5. As fontes de recrutamento interno são transferências, promoções, anúncios internos, etc. As fontes de recrutamento externo são portais de emprego, colocações em campus, bolsas de emprego, etc.

 

Conclusão

As fontes internas e externas de recrutamento têm seus próprios méritos e deméritos. Onde o recrutamento interno se concentra na contratação de funcionários que já estão trabalhando com a organização, o recrutamento externo se concentra em trazer novos talentos para a organização de fontes externas.

As empresas optam por uma fonte externa de recrutamento, embora seja caro e demorado, porque fornece à administração uma série de opções à sua escolha. O recrutamento interno, por outro lado, fornece à administração candidatos potenciais limitados, mas confiáveis.

O tipo de vaga e as situações determinam o tipo de recrutamento que a organização opta. Se a organização deseja manter o sigilo, pode optar pelo recrutamento interno. Se quiser trazer novas ideias, pode optar por recrutamento externo.


Referências

  1. https://core.ac.uk/download/pdf/37882826.pdf
  2. https://www.journals.uchicago.edu/doi/abs/10.1086/667814
x
2D vs 3D