Diferença entre retorno sobre ativos e giro de ativos (com tabela)

What differentiates a company from its competitors? It’s the profit ratio and the efficiency of generating revenues from its available assets. But when it comes to return on assets (ROA) and asset turnover, it might seem quite similar but is not. There’s a difference between these two terms.

Retorno sobre ativos vs rotação de ativos

A principal diferença entre o retorno sobre os ativos e o giro dos ativos é que o retorno sobre os ativos indica o quão bem uma empresa utiliza seus recursos de forma eficiente em termos de lucratividade. Em contraste, o giro de ativos é uma proporção entre as vendas totais e os ativos médios.

Retorno sobre ativos é o lucro líquido da empresa dividido pela média dos ativos totais. O ROA simplesmente dá uma ideia excelente para analistas e investidores de como uma empresa usa seus recursos e ativos para maximizar os gráficos de lucro. Além disso, o ROA usa o ROE da empresa, a dívida e mais alguns fatores.

O índice de rotatividade de ativos revela a receita gerada por meio de ativos. É usado para medir a eficiência de uma empresa que usa seus ativos para gerar lucro. O índice de giro de ativos pode crescer por vendas mais extensas, bem como por compra significativa de ativos em um determinado ano financeiro.

Tabela de comparação entre retorno sobre ativos e giro de ativos

Parâmetros de comparação
Retorno sobre ativosRotatividade de ativos
DefiniçãoRetorno sobre ativos é a receita total de uma empresa dividida pela média dos ativos totais.A taxa de rotação de ativos indica o dinheiro ou lucro gerado por meio de ativos.
FórmulaROA = Lucro líquido / Ativo totalÉ calculado dividindo as vendas totais por (ativo inicial + ativos finais) / 2.
IndicaçõesO retorno sobre os ativos considera o lucro líquido, os lucros relativos aos ativos.O giro dos ativos olha para a receita e não para os lucros.
RazoavelmenteROA é um índice de lucratividade que mede a margem de lucro para o valor investido em ativos.O giro de ativos é a proporção de atividades. Ele mede como você pode gerar receita com ativos.
Consideração de fórmulaUm ROA mais alto significa mais eficiência de ativos.Quanto mais alta a taxa de giro de ativos, mais receita a empresa terá.

O que é retorno sobre ativos?

Os negócios têm tudo a ver com eficiência. O que importa é como você aumenta seus lucros com um conjunto finito de ativos. É um indicador que mostra como a gestão de uma empresa é eficiente na obtenção de lucros com seus recursos, o que dá uma ideia de faro para analistas e investidores.

É calculado dividindo o lucro líquido pelo ativo total. Em termos básicos, ele diz muito sobre a empresa, seu pessoal e o nível de gestão. Gera receita do capital investido. O ROA é uma medida comparativa, pois o ROA de uma empresa pública pode variar e ser alto dependendo do setor.

O ROA dá uma ideia justa aos gerentes de como a empresa é bem e atraente em transformar a soma ou o valor investido em seu lucro líquido. Quanto maior o ROA, melhor será o gerenciamento eficiente. Isso também significa que uma empresa é bem administrada para extrair lucro líquido de menos investimentos.

O ROA é útil em comparação com outras empresas. Uma vez que cada setor usa seus recursos de maneira diferente, resultando em diferentes taxas de lucro. Por exemplo, o ROA para empresas orientadas para serviços, como bancos, será maior do que o ROA de empresas de investimento intensivo, como empresas de serviços públicos e de construção.

O que é rotatividade de ativos?

A receita é de grande utilidade, pois revela o valor de uma empresa. Os investidores também olham para a empresa e fazem investimentos de grande importância. Esse índice de giro de ativos é necessário para medir quanta receita foi gerada em um exercício financeiro por meio dos ativos iniciais e finais.

The measurement goes with the pointing of assets of a company on the balance sheet chart at the start of the year and pinning the ending balance or assets at the end of the year. Adding these two values and dividing them by 2 will give us an average value of assets. Then finding out total sales or revenue of the same financial year, dividing this revenue with the value of the average calculated.

Se uma empresa experimenta menos índice de ativos, isso revela que a empresa não é eficiente em gerar receita com seus valores ou ativos. Uma grande proporção significa que a maioria dos ativos da empresa permaneceu com eles e também ganhou dinheiro.

Os investidores analisam esse índice e usam-no para comparar e competir com empresas semelhantes. O índice de ativos de uma empresa pode ser alterado por vendas de ativos mais extensas ou compra de ativos significativos em um ano financeiro.

Principais diferenças entre retorno sobre ativos e giro de ativos

  1. O ROA é um índice que diz respeito à receita total e aos ativos médios, enquanto o giro do ativo se refere às vendas geradas com os ativos médios.
  2. O ROA é um índice de rentabilidade que indica o valor ou valor gerado por meio de seus ativos disponíveis. Em contraste, o giro de ativos é uma relação de atividade de receita que mostra quanta receita é gerada.
  3. O ROA contabiliza o valor da dívida de uma empresa, o patrimônio líquido, enquanto o giro de ativos não tem muito a ver com isso.
  4. Quanto maior for o ROA, maior será a eficiência do ativo, enquanto quanto maior for o giro do ativo, maior será a geração de receita.
  5. O ROA é um fator X para competir com empresas do mesmo setor. Ele revela como eles usam seus ativos para maximizar os lucros. Enquanto a taxa de rotação de ativos é um fator único para comparação.

Conclusão

Para que uma empresa conquiste uma vitória sobre as outras, todos os fatores são importantes, desde a gestão de funcionários e investidores até o cumprimento de metas em um exercício financeiro. O ROA e o giro de ativos representam uma ideia justa de quão bem é a administração para aumentar suas vendas e gerar lucros e receitas.

Ambos os índices são igualmente cruciais para uma empresa. No entanto, essas pequenas diferenças tornam um pouco mais valioso do que o outro. Isso não significa que o último não tenha nada a ver. Ambos dão uma ideia para gestores e investidores de como os recursos são usados e como podem ser usados de forma eficiente.

Referências

  1. http://iaeng.org/publication/WCE2008/WCE2008_pp828-833.pdf
  2. https://link.springer.com/article/10.1023/A:1012430513430
x
2D vs 3D