Diferença entre coragem e bravura (com mesa)

Bravura e coragem são dois conceitos interligados. Eles são os dois lados de uma moeda semelhante. Esses dois fatores não são apenas termos que podem ser usados em grandes casos, mas também podem ser mencionados em casos de pequena referência.

Ambos os fatores são necessários para o bom funcionamento do mundo humano hoje. Como esses dois conceitos estão parcialmente ligados entre si, as pessoas tendem a confundi-los, mas são duas ideologias muito distintas.

Coragem vs Bravura

A diferença entre coragem e bravura é que a coragem nem sempre inclui qualquer tipo de perigo ou ameaça. A bravura, por outro lado, inclui uma ameaça ao bem-estar ou qualquer risco de perigo. É preciso coragem para superar um ato de bravura.

Coragem é a capacidade de enfrentar uma situação difícil. Coragem é o que leva a uma ação.

Bravura, por outro lado, é a ação que foi tomada depois de superar o medo. Bravura define a ação física da coragem, enquanto a coragem é a força mental que convence a pessoa a realizar uma tarefa difícil.

Tabela de comparação entre coragem e bravura

Parâmetro de ComparaçãoCoragemBravura
PerigoEm caso de coragem, nem sempre há perigoEnvolve situação perigosa
PrimárioVem primeiroDepois que alguém ganha coragem, comete um ato de bravura
CaracterísticasForça mental ou moralInclui força mental, física e psicológica
Superou a CausaAmor, paixão e compaixãoAcontece sem qualquer causa
ExemploAdmitindo uma mentiraArriscando a vida para salvar outros

O que é coragem?              

A coragem é uma base. É a capacidade de empreender ou enfrentar algo extremamente difícil, perigoso ou doloroso. É uma escolha que se supera. Coragem é decidir realizar uma determinada ação, independentemente de ser uma luta pessoal, e lidar com ela.

Bravura é um estado de espírito impulsionado por uma causa. É impulsionado por algo que faz a pessoa sentir que vale a pena se levantar e lutar por isso. Essa causa é o que faz acontecer. O verdadeiro processo de coragem não é superar o obstáculo, mas sim a escolha de lutar por ele independentemente e arriscar.

A coragem está sempre ligada à compulsão de agir sobre algo por escolha ou força. O motivo de preocupação é preocupação, compaixão, devoção, paixão ou amor.

Existem 6 atributos de coragem que são os seguintes - sentir medo mas escolher agir, preservar perante a adversidade, defender o que é certo, alargar o horizonte e abandonar o familiar e, por último, enfrentar o sofrimento com a dignidade de fé.

 O que é bravura?

Bravura é o resultado de ser corajoso ou mostrar coragem. Bravura é a capacidade de enfrentar a dor, o perigo ou enfrentar qualquer coisa difícil sem medo ou hesitação. É uma ação superada por uma pessoa. É a força de uma pessoa que os ajuda a superar o ato. Independentemente de o assunto ser grande ou pequeno, quando uma pessoa enfrenta qualquer tipo de medo, é um ato de bravura.

Na maioria das vezes, existe o risco de perigo ou ameaça ao bem-estar de uma pessoa associado à demonstração de bravura. Bravura também é dizer em voz alta o que se pensa. Reconhecer nosso medo, dissecá-lo e enfrentá-lo geralmente ajuda no processo de superar o medo e nos comprometer com um ato de bravura.

Ser corajoso também pode envolver a realização de certas tarefas em nossa vida cotidiana, como desapontar os outros e tomar uma posição por si mesmo, dizer não e honrar as próprias escolhas e falar a verdade, independentemente do resultado. Bravura como um conceito pode ser aplicado a um número maior de casos, como bravura física, bravura mental e bravura psicológica.

Principais diferenças entre coragem e bravura

  1. Na coragem, nem sempre há perigo envolvido. O perigo pode ou não estar lá. Mas no caso de bravura, há perigo envolvido ou uma ameaça ao bem-estar da pessoa.
  2. A coragem chega primeiro a uma pessoa e depois é acompanhada por um ato de bravura.
  3. A coragem envolve força mental e moral, é principalmente um sentimento interno, ao passo que o perigo envolve força mental, física e psicológica à medida que a ação deve ser realizada.
  4. No caso da coragem, existe medo e hesitação dentro da pessoa. No caso da bravura, o medo já foi superado pela pessoa e o ato foi cometido.
  5. As razões por trás de uma pessoa ser corajosa são preocupação, compaixão, devoção, paixão ou amor. No entanto, um ato de bravura acontece sem qualquer causa adequada

Conclusão

Coragem e bravura, ambos os conceitos estão parcialmente ligados um ao outro. Ambas as palavras incluem características como destemor, destemor, intrepidez e ousadia. Esses dois termos significam muito diferentes um do outro e podem ser diferenciados com base no perigo, principal, características, medo e causa.

Coragem, de acordo com o dicionário oxford, é definida como “força diante da dor ou da tristeza”. A coragem nem sempre está associada ao perigo. As situações não precisam ser perigosas, podem ser difíceis ou dolorosas. A capacidade de não evitar e enfrentar a situação de qualquer maneira é conhecida como coragem.

Bravura, por outro lado, no dicionário oxford é descrito como “comportamento ou caráter corajoso”. Bravura é a habilidade que ajuda uma pessoa a agir sobre algo perigoso e arriscado. Em um ato de bravura, a pessoa vence seu medo e ainda realiza o ato. É um ato de coragem enfrentar o perigo e não se deixar intimidar.

Referências

  1. https://psycnet.apa.org/record/1989-98548-000
  2. https://books.google.com/books?hl=en&lr=&id=WEz3kAHzMrEC&oi=fnd&pg=PR7&dq=courage&ots=Y5z7NbG9kW&sig=ggDCFC5eDPYetzcobl2SAmKhZ9Y
  3. https://books.google.com/books?hl=en&lr=&id=nLh0DQAAQBAJ&oi=fnd&pg=PT12&dq=bravery&ots=Xg3KPoAy41&sig=okJDBPd8yWAhK_N1MNvajWsvbuY
  4. https://repository.upenn.edu/dissertations/AAI9636193/