Diferença entre dentes e dente (com mesa)

Desde a infância até a velhice a pessoa experimenta mudanças contínuas, seja na forma de falar, na aparência e na saúde. A fala arrastada é observada na infância e o mesmo se repete na velhice. A pele afundada, os dentes perdidos, todos mostram um processo de envelhecimento ou uma enfermidade.

Em todo o processo de troca de palavras, a boca desempenha um papel vital, o posicionamento das cordas vocais, a forma como o ar flui por dentro, tudo afeta a fala. Assim como uma flauta que produz uma gama de sons ao fechar um buraco e a mudança no tom com a mudança no número de buracos fechados ou abertos, os dentes fazem o mesmo na fala. A perda de até mesmo um único dente pode afetar o som.

Dentes vs Dente

A diferença entre dentes e dentes é a diferença na singularidade e na pluralidade. Enquanto o dente é um entre o conjunto de pares de dentes, dentes são um termo coletivo associado ao número de um dente individual.


 

Tabela de comparação entre dentes e dente (na forma tabular)

Parâmetro de ComparaçãoDentesDente
SubstantivoA forma plural do dente.É um substantivo singular.
EstruturaÉ um conjunto formado por duas formas de arco, uma embaixo e outra superior.O formato dos dentes varia, mas a estrutura básica é de esmalte, dentina, cemento e tecidos pulpares.
LocalizaçãoDentro da boca, onde um conjunto de 16 dentes são fixados na parte inferior e os outros 16 no topo.Um dente pode ser qualquer um dos 16 dentes da mandíbula inferior e 16 do topo.
AusênciaA ausência de dentes leva à transformação da fala observada em recém-nascidos e idosos.A ausência de um dente pode variar o fluxo de ar ou pode dificultar a alimentação.
FunçãoOs dentes ajudam a moldar e estruturar o rosto.Cada dente tem sua função, com base no posicionamento e na estrutura, seu papel muda.

 

O que são dentes?

Os dentes são inegavelmente a parte mais forte do corpo. A boca de um adulto normal tem 32 dentes localizados dentro da boca, eles estão dispostos em forma de arco. Tanto a mandíbula quanto a maxila servem para a colocação dos dentes. O arco superior e inferior consistem em 16 dentes, cada um sequencialmente.

O importante papel dos dentes é

  1. Mastigação de alimentos: Os dentes ajudam a quebrar os alimentos, cortando-os e esmagando-os na preparação para a deglutição, ajudando assim a acelerar o processo de digestão.
  2. Habilitar fala: Eles ajudam no processo de formação do som, controlando o fluxo de ar.
  3. Aparência e confiança: Enquanto se comunica pessoalmente o que se nota com muita evidência é o sorriso, quem tem dentes saudáveis (branco brilhante e bom hálito) costuma causar impacto. A condição dos dentes afeta a confiança. Pessoas com mau hálito e dentes quebrados ou amarelados costumam ser vistas quietas, resmungando e constrangidas.

Os dentes são classificados em 4 tipos de acordo com sua forma, posição e função.

  1. Incisivos - São quatro dentes na arcada superior e quatro na inferior (restando oito no total). Os incisivos ajudam a fatiar ou morder a comida como um cortador.
  2. Caninos - Os dentes mais afiados que os animais usam principalmente para rasgar um raio, são quatro.
  3. Pré-molares - Os pré-molares têm uma superfície mais plana que os caninos ou incisivos e auxiliam na trituração de alimentos complexos. São dois em cada mate de um arco.
  4. Molares - Ter um maior área de superfície e em cada extremidade de ambos os arcos, eles fornecem o mesmo mecanismo de moer pedra que basicamente transforma o alimento complexo em pedaços menores.
 

O que é um dente?

Um dente (substantivo singular de dentes) é uma estrutura rígida encontrada na arcada dentária. Consiste em duas partes principais: a estrutura em forma de coroa e a raiz. A coroa é a parte visível observada enquanto as raízes ficam dentro da linha da gengiva.

O dente não é apenas uma estrutura calcificada básica, mas é o culminar de 4 materiais diferentes.

  1. Esmalte: É uma cobertura translúcida e rígida de um dente e é o tecido mais duro. Ele protege o dente de danos físicos ou produtos químicos.
  2. Dentina: Diferente esmalte a dentina é comparativamente mais macia, formando a estrutura de base do dente e é de cor amarela, fica protegida sob o esmalte e constitui uma parte maior do dente. Isto
  3. Cementum: Está posicionado ao redor da raiz do dente e é responsável pela regeneração de um dente.
  4. Polpa dentária: É a região mais sensível de um dente, pois contém nervos e vasos sanguíneos. É colocado na região da raiz de um dente e fornece nutrientes para a dentina.

Principais diferenças entre Dentes e Dentes

  • Os dentes estruturam a face, ao passo que um dente se torna importante para completar o conjunto de pares.
  • A ausência de dentes pode afetar a fala vocal por completo, não há controle do fluxo de ar, a ausência de um dente pode causar uma ligeira diferença na fala, embora a falta do dente molar possa prejudicar a alimentação.
  • Os dentes estão localizados apenas na abertura da boca fixada com mandíbulas, o dente pode ser qualquer um entre incisivos, caninos, pré-molares, molares.
  • Os dentes têm uma forma semelhante a um arco, onde cada dente é colocado sequencialmente com as diferentes finalidades que servem. 

 

Conclusão

Os dentes costumam ser dados como certos, mas constituem a base da existência de uma raça de espécies, sejam animais ou humanos. Para carnívoros ou mesmo herbívoros os dentes se tornam uma parte vital.

Cada dente requer cuidados e o prejuízo de um pode influenciar o outro.

A confiança é um elemento-chave da personalidade de uma pessoa e, muitas vezes, devido à natureza autoconsciente dos humanos em relação à aparência, ela é amada ou ridicularizada; portanto, os dentes se tornam um símbolo de fascínio e encanto social.